Seis meses se passaram desde a tomada de decisão, por parte da Direção da Organizer Eventos, para a realização da primeira edição do “São Tomé e Príncipe Music Awards” em 2015, coincidindo com as comemorações do 40º aniversário da nossa independência, que se assinala no próximo dia 12 de Julho. A ideia já vinha sendo estruturada desde 2013, altura em que o nosso parceiro em Angola, o Grupo Mener, agitou o panorama musical angolano com a realização da primeira edição do “Angola Music Awards”. Assim, aproveitando as sinergias criadas e a experiencia adquirida com esta parceria, ousamos sonhar alto e decidimos que São Tomé e Príncipe já merecia ter um evento com este nível internacional. O objetivo, desde o início era claro: Reconhecer, valorizar e premiar os nossos artistas e cantores e, projectar o nome de São Tomé e Príncipe além-fronteiras.

O percurso foi longo e complicado, com obstáculos improváveis e imprevistos mas, no final, creio que o resultado final é extremamente positivo.

Nesta hora de balanço, só nos resta agradecer a todos aqueles que, de forma directa ou indirecta, estiveram envolvidos neste projeto e deram o seu valioso contributo para a sua realização:

Em primeiro lugar, aos nossos artistas e cantores, tantas vezes esquecidos e votados ao abandono. Esta festa foi pensada para eles e queremos aqui frisar o nível de participação e entrega que todos demonstraram, desde a fase das inscrições até à gala final. Apenas um pode ser vencedor em cada categoria, mas, os que não venceram, têm que ter a consciência que a gala agora é anual e dar o melhor de si para melhorar cada vez mais e poder também ser vencedor numa próxima oportunidade.

Em segundo lugar, um agradecimento especial aos nossos patrocinadores e parceiros, por terem acreditado em nós e nos dado um grande voto de confiança, tornando este projeto possível e realizável. Neste capítulo, temos que destacar a Direção Geral da Cultura, a Associação dos Músicos São-tomenses, a UNITEL STP, o BISTP, a Mota Engil, O grupo IPA, a Copinet Soluctions, o Grupo Ponta d`Oiro e todos “média partners” que ajudaram a divulgar o evento.

Não podemos deixar de frisar o papel fundamental do nosso corpo de jurados neste processo todo, cuja competência, entrega e capacidade de avaliação corresponderam em pleno ao que era exigido num concurso desta natureza.

Uma palavra de reconhecimento a toda equipa de trabalho, pela entrega e abnegação com que abraçaram o projeto e pelo contributo que cada um, nas diferentes áreas, deu para o resultado final.

Por fim, um obrigado especial à equipa do Angola Music Awards, representados pelo nosso parceiro Daniel Mendes, que nos inspirou a sonhar e que nos impulsionou a lançarmo-nos nesta grande aventura, guiados pela crença de que São Tomé e Príncipe já merecia um evento desses.

A todos, em nome da Coordenação Geral do “São Tomé e Príncipe Music Awards”, quero aqui deixar o nosso expressivo e sentido “Muito Obrigado”!

Penitenciamo-nos publicamente pelos eventuais erros cometidos e prometemos fazer melhor, a todos os níveis, no próximo ano.

O que nos liga é a música!

Com os melhores cumprimentos,

Wuando Castro de Andrade